A paixão pelas louças!

04 mai

A paixão pelas louças!

Conta a história que o primeiro louceiro foi encomendado a artesãos pela rainha Mary, da Inglaterra, no fim do século 17. Ela colecionava as tradicionais porcelanas em azul e branco de seu país natal, a Holanda, e queria expor e guardar suas preciosidades. Do castelo, a novidade partiu para o resto da Europa e os Estados Unidos.

No Brasil, aportou com a corte portuguesa, que trazia em guarda-louças e cristaleiras itens de uso ainda não conhecido em terras tupiniquins. Nessa época e durante todo o século 19, se introduziram aqui costumes simples, como comer com talheres!

Por muito tempo, as cristaleiras foram um símbolo de riqueza e poder. Grandes companheiros de quem guarda delicadas relíquias para servir a mesa, eles assumem várias personalidades, ao sabor da casa e do estilo do dono.

Fonte: casa.abril.com.br

 

Comentários

Nenhum comentário

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios (*).